terça-feira, 16 de setembro de 2014

Silêncio Cor de Rosa

Muitas pessoas desse lado, não sabem a origem do nome deste blogue. Possivelmente acham que é pura e simplesmente um título feminino a querer soar bem. Nada disso.
A Sala do Silêncio Cor de Rosa era o nome que davam a uma sala mística no Jardim de Infância onde andei.
Todas as crianças iam para aquele espaço, ao final do dia, enquanto esperavam pelos pais. Ali todos tínhamos de apreciar o silêncio, enquanto partilhávamos brincadeiras e objectos com todos que ali estivessem. E em silêncio. Eu tinha 5 anos e nunca mais me esqueci de como eu gostava daquela Sala.
Quis partilhar isto convosco porque fui aprendendo que na vida, são as partilhas o que mais pesa no nosso bem-estar.
Somos muito o que partilhamos com os outros e somos muito o que os outros deixam em nós.
Naquela Sala havia isso, havia todo um sentimento que nos fazia crer que mesmo no silêncio, não estávamos sozinhos. E é verdade. Não são só as pessoas que nos fazem felizes ou nos marcam emocionalmente. São todos os lugares, cheiros, gestos, luas e sóis que nos fizeram, por um minuto que seja, mais felizes.




E eu hoje sinto-me assim, grata por tanta e tanta coisa.

Beijos de silêncio*



19 comentários:

  1. Tal como na música há silêncios oportunos que produzem muitas coisas. A vida está de cheia de coisas, situações, pessoas, cores, cheiros que vale a pena partilhar. Um abraço á vida.Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O silêncio também pode ser uma bela partilha :)

      Eliminar
  2. Não fazia a mínima ideia da razão do nome do blog, mas gostei de saber :)

    ResponderEliminar
  3. Partilhar é muito bom.
    Deveria ser uma obrigação nas nossas vidas.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Que bonito! Gostei de saber. Acho que é uma ideia muito bonita desse Jardim de Infância. Gosto muito muito do conceito de silêncio não significa estar sozinho. Gostei mesmo...
    Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  5. Curiosa explicação, mas gostei de saber :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achei que tinha chegado a hora de partilhar :)
      beijinho*

      Eliminar
  6. Muitas vezes, sós, somos felizes, e acompanhados nem por isso!
    Quando estamos sós, somos inteiros e autênticos. quando acompanhados, somos apenas pela metade, ou uma parte do todo!
    e
    "Um todo é mais forte que a soma das partes de um todo"

    Partilhar é a tua fase de crescimento!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Boa noite!!
    Que bom conhecer assim a origem do nome do blogue. Que magia nas tuas palavras.
    Agradecida pela partilha!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Oh, tão giro. Um bonito ensinamento para se dar logo desde tenra idade. :) Porque no silêncio podemos partilhar tanta coisa. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  9. Inspirador, Vânia, verdadeiramente inspirador!
    Beijinhos

    ResponderEliminar