domingo, 3 de fevereiro de 2013

A Vida por um Fio

Ontem, para além da minha aventura no Teatro, vivi a experiência mais gratificante da minha vida e cá em casa temos o hábito de ajudar mais pessoas, mas nunca desta forma.
Na passada Quinta-Feira, passou uma Reportagem Especial na Sic "Vida por um Fio" que falava de casais em emergência social, com casas por pagar, desempregados, doentes e com resmas de medicamentos que lhes levam o pouco dinheiro que sobra. E comida? Apenas ajudas e o Banco Alimentar.
Havia vários casos mas houve um, o sr. António Luís, que me prendeu a atenção de uma forma que ainda agora, não sei explicar.
Eu e o Pedro assistimos à entrevista, calados e atentos. Quando acabou, engolimos em seco mas nem comentamos ou trocamos sequer uma palavra que fosse. Estávamos ambos em choque mas tentamos não pensar mais, desconhecendo que um e outro ficamos pensativos no mesmo assunto.

O sr.António Luís trabalhou toda a vida, já teve uma vida certinha, mas as adversidades da vida foram cortando tudo, como acontece com muita gente. A reforma é de 400€, a renda da casa é de 300€, os medicamentos são mais que muitos (dois cestos cheios), a mulher teve dois AVC's e mais uma série de problemas. Antes estava numa casa mais cara, mas procurou a mais barata e mais pequena que conseguiu. Só se mudou quando conseguiu juntar dinheiro para o mês de caução e 1º mês.
Para comer, nem sempre dá...

No dia seguinte à reportagem, o Pedro (sem eu saber) enviou um email para a Sic a pedir o contacto do dito senhor. A Sic respondeu logo e através do contacto conseguimos falar com ele.
Decidimos pagar-lhe uma renda (a do próximo mês) e levar alguns alimentos. Ao entrar lá em casa, a cara deles de felicidade é algo que nunca vou esquecer. Agradeceram imenso, disseram que éramos um milagre e que Deus não se ia esquecer...taditos. No fim pediram para irmos dando notícias e a esposa até pediu para eu a visitar, para fazer companhia. Não têm filhos e estão sempre sozinhos :/
Claro que os vou visitar, embora esta ajuda tão grande tenha sido só agora, obviamente não sou rica e não podemos voltar a fazê-lo. Mas desta vez, deu para isso e para comida dá sempre alguma coisa. Uma massa aqui, um arroz ali, eles ficaram com os olhos a brilhar.

A D.Isaura estava deliciada a olhar para o pão de Mafra e o senhor António vibrou com as bolachas Maria que levamos. Mas o descanso mesmo é saber que durante mais um mês têm um tecto...Que gente tão simples. Estiveram sempre a sorrir :)Que exemplo de vida este!
Fico feliz e honrada de os ter conhecido.
Será que se podem adoptar idosos também?

Porque este casal já é "nosso" e vamos segui-los :)

(quem quiser ajudar ou puder, com o que for, é só pedir o contacto que eu envio ok?)

A reportagem:
http://sicnoticias.sapo.pt/vida/2013/01/31/casos-de-familias-que-so-conseguem-sobreviver-com-ajuda-de-programas-sociais

36 comentários:

  1. Vânia,gostava muito de ajudar sim.Podes enviar-me um email com o contacto deles?Vou fazer uma vaquinha,juntar alimentos e levar-lhes lá. Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada e um bem haja :)
      O email já seguiu!
      beijinhos***

      Eliminar
  2. Gostei muito do teu relato e admirei a tua coragem em dares, num mês (sim porque vivemos todos a contar os dias do mês) uma ajuda tão grande. Para já não podia, mas a blogosfera podia criar algo de solidário. Estou farta de mandar bitaites mas ninguém se "ajunta". Em vez de juntarmos só umas coistas aqui e outras ali para esta ou aquela família, podia fazer-se algo de bem mais organizado. Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. O vosso gesto foi lindo. O lado positivo desta crise é fazer aparecer, em algumas pessoas, o melhor delas mesmas com gestos como o vosso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que desta forma, foi a 1ª vez e poderá ser uma vez sem exemplo. Vamos ajudando com alguma comida aqui e ali, já é bom!

      beijinhos***

      Eliminar
  4. Oh Vânia, li o teu post toda arrepiada! Que gesto tão grande! :) Parabéns aos dois, a sério... Sabes que essa ideia do "adotar um idoso" fez-me mesmo pensar... e muitas vezes acima da comida, roupas etc, eles precisam "mais" para o bem psicológico deles é de isso mesmo, uma conversa... um casal que se preocupa com eles... :) Ainda por cima, que já nem acredito que tenha sido coincidência, acabei de ler um livro que faz pensar muito nisso... no teu / vosso gesto... se gostares de ler, e quiseres, procura "O Fio do Destino"... A sério... parabéns mesmo! Neste momento só poderei ajudar de forma monetária, pois como sabes estou bem longe... :( Se algum dia for preciso... por regra, quando vou a Portugal faço sempre um donativo, é uma espécie de promessa pessoal ;) No Verão falarei contigo certamente!!;)
    Beijocas gigantes e para o casal, para a próxima podes enviar uma beijoca gigante de Buenos Aires!!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me que no Verão vamos ter mesmo de nos conhecer!
      E eu levo-te a conhecer este casal, são uns queridos e um exemplo de humildade :)

      beijinhos***

      Eliminar
    2. :) Olha isso é que era!! Temos mesmo de combinar!;) beijocas

      Eliminar
  5. Olá,
    Sou uma fénix renascida neste mundo dos blogues e na pesquisa que fiz encontrei-te e gostei de te ler. :) Fica à vontade, se quiseres, para visitar o meu espaço. Espero poder flutuar por aqui também. :)
    Em resposta ao post, foi um gesto muito bonito. Se todos fossemos assim o mundo seria um lugar melhor. Eu tento ajudar sempre que posso e como posso...sou voluntária numa associação de apoio a animais abandonados, sou voluntaria do banco alimentar na altura das campanhas e ajudo também na paróquia onde vivo. Sei que o que faço é pouco, mas é feito com vontade e devoção. E o sorriso dos seres que ajudamos vale muito mais do que qualquer pagamento. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito muito mais!
      Fazes bem em ajudar sempre que podes :) Bem vinda a este cantinho***

      Eliminar
  6. Minha querida,fiz um post a reencaminhar para aqui.Para te conhecerem e quem sabe,ajudar! Fico à espera do contacto.Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beeem, grande ajuda, nem sei que te diga. OBRIGADA!!!!

      beijinho***

      Eliminar
  7. Só espero que a sorte te sorria sempre, pois mereces muito!
    Monetariamente também não posso ajudar, mas sempre que posso, com o meu trabalho, ou com alguma comida, ajudo sempre!
    Sim, há que ajudar quem precisa... um dia poderemos ser nós!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras, bem vinda á Sala :)
      beijinhos***

      Eliminar
  8. Vi a reportagem e fiquei muito impressionada com este casal e com a história deles. Que lindo gesto o vosso! Certamente foi uma ajuda preciosa para este casal.

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pela dica para telemovel...Meus dias são cada vez mais uma corrida e a tua sala um lufada de ar fresco e ternura que nem sempre consigo abraçar...Fiquei muito emocionada com o vosso gesto, as lagrimas vieram aos olhos, senti-me grata pela partilha "cor de rosa", pelo que pulsa nos vossos corações e contamina os vossos gestos o vosso viver e por comigo e o mundo partilharem esse sentir. Não vi a reportagem, não coneço a historia mas conheço o vosso coração e isso contamina pode fazer a diferença...Bem hajam!Bjs grande e um abraço terno...

    ResponderEliminar
  10. Bonita acção a vossa, Vânia.
    Claro que apenas contribuiram para 'meia dúzia' de horas mas foi um gesto que ajudou quem precisava.
    É triste ver casos destes e saber que não há instituição alguma que se preocupe.
    Mas vou mais longe. O que fez com que a reforma do Sr. António seja de 400€ ??? E pagam 300€ de renda??? Medicamentos, muitos e não são de borla. Este casal tem espaço para comer com dignidade?
    Chamem a senhora Isabel (Xonet) a tal que tem uma varinha mágica ... para os amigos.

    Beijocas, Vânia e bem hajam pela vossa ajuda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que está tudo bem encaminhado :)
      Temos mesmo de nos fazer à estrada e ajudar quem precisa!

      beijinhos

      Eliminar
  11. Eu também vi e foi de cortar o coração.
    Fiquei deliciada com o vosso gesto.
    um grande beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A forma como fizeram a Reportagem, tocou muita gente.
      Beijinhos***

      Eliminar
  12. Vania, comovi-me a ler isto. Juro. Tenho tanto orgulho em vocês...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não ajudarmos quem precisa, o que teremos feito de realmente bom aqui?
      Obrigada, beijinho***

      Eliminar
  13. Olá Vânia, vim cá ter ao teu cantinho, devido a um email que recebi da Mamã do Peep-Toe e através do "Homem sem blog".
    Eu já tinha reenviado o email que ela me enviou sobre o teu gesto e este casal de idosos.
    Entretanto recebi imensos emails a questionarem o contacto deste casal, mas eu não conseguia adiantar muito mais.
    Podes entrar em contacto comigo por email, para falarmos sobre este caso:
    manuelacolaco@gmail.com

    Entretanto vou já fazer um post, sobre ti e este casal, lá na Turista, sim?

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  14. Desculpa o email é:
    manuelacolaco59@gmail.com

    ResponderEliminar
  15. Eu vi essa reportagem e fiquei com um aperto imensoo ao ver essa historia =/ Infelizmente ainda não trabalho se não era a primeira a ajudar, mas fico muito contente por saber que ainda há pessoas generosas que se importam e que ajudam =)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, bem vinda novamente!!!
      Um dia poderás ajudar também, até lá, já é bom saber que há corações sensíveis :)

      beijinho

      Eliminar
  16. Oh obrigada! também quero ajudar claro. Já tinha pensado em criarmos algo para juntar tanta gente solidária neste mundo da blogosfera. se cada um der um pouquinho, poderá ser o muito de alguém! vou fazer um post no meu blog sobre isto. beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Vânia... Parabéns pelo vosso gesto! ;) Felizmente ainda há pessoas que gostam/podem ajudar seja de que forma for. Já fiz coisas do género e é do melhor que podemos fazer pelos outros! Podes enviar-me um email com o contacto, pf?!

    Um beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, bem vinda à sala :) Vou enviar sim!
      Beijinho!!!

      Eliminar