domingo, 1 de dezembro de 2013

Paul Walker

Então o rapaz é giro que dói, faz as minhas amigas babarem no cinema, põe a "Velocidade Furiosa" na boca do Mundo, torna-se um deleite para os olhinhos ao mesmo tempo que mostra talento para a sétima arte, e espeta-se assim num Porshe?
Estava eu a ver as minhas mariquices aqui no computador, quando leio isto:

O ator Paul Walker, protagonista da série de ação «Fast & Furious» («Velocidade Furiosa») morreu sábado aos 40 anos, vítima de um acidente de viação, confirmou o seu agente.

A notícia foi divulgada pelo sítio na Internet TMZ.com, que refere que o acidente de carro se deu na região norte de Los Angeles.

O ator estava num Porsche quando o motorista perdeu o controlo e bateu com o carro. A colisão fez com que o veículo se incendiasse e ambos os ocupantes morreram.

Paul Walker estava em Santa Clarita para uma exposição de carros num evento beneficente para arrecadar fundos para a tragédia nas Filipinas.


(Revista Lux)


A minha alma está parva.
Não é que fosse fã fã fã, mas mexeu comigo. talvez pela ironia de ter morrido numa situação que tantas vezes controlou em cena, a filmar para todos nós.
Perde-se um borracho, perde-se um grande talento, perde-se mais uma vida, ficando porém a certeza (quem sabe...) que o céu agora se pode tornar mesmo num paraíso.
Um bem hajas!!!

16 comentários:

  1. Realmente, uma notícia inacreditável!! Perde-se um grande actor.

    nadinhadeimportante.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Gelaste-me agora!!!!!
    Não fazia ideia! Ó Meus Deus!
    ....a sério?...que ironia tão triste...não sei que diga...
    Há mais duas estrelas azuis no céu...os olhos dele...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagina a minha cara de trenga a ler aquilo...ainda me custa a acreditar :/

      Eliminar
  3. Fiquei tipo em choque mal acordei de manhã e vi a notícia a circular pelo Facebook. Não queria acreditar, ainda pensei que fosse mais uma daquelas falsas notícias que circulam muitas vezes pela net, mas quando vi que a fonte vinha do Correio da Manhã, vi logo que era verdade. Fiquei a engolir em seco. Ele era muito giro, tinha um grande talento e ironia do destino a ficção passou para a realidade mas desta vez não houve efeitos especiais e as coisas correram mesmo mal =(. O cinema ficou mais pobre hoje... :'(.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira ideia é logo essa, de boato falso, mas neste caso... :(

      Eliminar
  4. É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever é um blog simpático e aqui aprendemos, feito com carinhos e muito interesse em divulgar as suas ideias, é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
    Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Aproveito para lhe desejar um feliz Natal e um Ano-Novo cheio de felicidades.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

    ResponderEliminar
  5. Não consegui conter as lágrimas ao ler isto:

    Quando eu era pequena, ele ensinou-me a andar, ensinou-me a sorrir e ensinou-me a nunca desistir. Amei-o antes mesmo de saber o que era o amor. Ele era o meu herói. O herói da vida REAL! Ele estará sempre no meu coração! As lágrimas invadem os meus olhos enquanto escrevo isto. Foste embora, mas jamais serás esquecido. Descansa em paz, pai!".

    Mensagem deixada pela filha do Paul Walker nas redes sociais =(

    ResponderEliminar
  6. Também fiquei chocada. :( É muito, muito triste.
    beijinho

    ResponderEliminar
  7. Uma morte muito irónica, de facto :/ e torna-se ainda mais irónica quando em tempos ele disse que se morresse ao volante para sorrirem porque ele tinha morrido feliz :/ não morreu ao volante porque não era ele a conduzir, mas não deixa de ser irónico...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha lido essa citação dele e de facto...deixa-nos a pensar :/

      Eliminar