quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Não fui feita...

...definitivamente,para fazer compras. Eu sei que é estranho ouvir uma mulher dizer isto, mas se já nas lojas perco a paciência, morro de tédio nos supermercados.
Se há momento que me chateia MESMO é ter que percorrer corredores ás cores, intermináveis, sabendo que lá tenho de voltar todas as semanas. E não, não gosto das compras online!
Eu juro que simplifico a lista, tento despachar-me rápido (de tal maneira que nunca trago tudo, há sempre algo que me esqueço) mas ali trocam-me sempre as voltas.
Há iogurtes magros, açucarados, para gente alta e pequena, para quem gosta de manga, limão, banana, morango e o diabo a sete.
Se quero limpa vidros, há todo um cadastro de marcas e líquidos gordurosos ou cristalinos, mesmo ao lado dos produtos de chão...de madeira, madeirinha e madeirona.
Quero ovos, posso escolher entre S M L e XL (who cares?!? Eu não vou vesti-los!).
Se quero papel higiénico, tenho de passar pelos guardanapos finos e grossos, pequenos médios ou grandes, amarelos, brancos ou cor de burro quando foge, que pelos vistos são os reciclados. Quando o papel higiénico surge no horizonte, há folha dupla, folha normal, perfumados, ás cores ou ás bolinhas (como se isso fizesse diferença nas horas de aperto, para não lhe chamar outra coisa).

Sonho com o dia em que terei um cartaz à entrada em letras garrafais a dizer:

"Querida Vânia, tomamos a liberdade de ler os seus pensamentos e separar tudo o que precisa, antes que se enerve e nos parta o focinho"

E era isto. Simples!


12 comentários:

  1. Como eu te entendo, também tenho dias em que perco a paciência, as coisas bem podiam ser mais simplificadas ;)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. e que tal ir ao supermercado do bairro? tem só as opções normais e assim há menos confusão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Descobri agora um, que é uma delícia!!! Adoro :)

      Eliminar
  3. Ora aí está! O supermercado do bairro é uma opção com muito menos stress.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Como eu me identifico! por isso não faço compras nem no Continente nem Jumbo, perco-me no meio daquela confusão, mesmo com o apelativo dos descontos e promoções e o raio que eles fazem para nos lá chamar eu raramente passo por lá, vou ao pingo doce que é mais pequeno e nas faltas do dia-a-dia os mais próximos de casa. O meu filho um dia chegou a dizer isto; ó mãe porque é que tu não fazes como as pessoas normais e vamos ao sábado á tarde ás compras ao Continente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então eu não faço parte das pessoas normais :/
      Beijinhos**

      Eliminar
  5. Ahah, o meu maridinho passa-se qd vamos ao supermercado, pq eu perco-me. Levo uma lista e a maior parte das coisas já sei o q quero trazer, a marca e etc. Mas perco-me sempre a decidir se trago só maçãs ou bananas tbm, se trago pimento vermelho ou verde, se compro iogurtes de morango ou de manga... coisas assim :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beeeeeeeem...que paciência Cynthia!! Admiro-te ;)
      Beijinho*

      Eliminar
  6. F*da-se, este post podia ter sido escrito por mim xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahaha, junta-te ao clube das anti compras!!!

      Eliminar